lahaine.org

compartir

                          

Dirección corta: https://lahaine.org/fL5M

convertir a:
Convertir a ePub  ePub        Convertir a pdf  pdf

  tamaño texto

  enviar          imprimir


traductor

20/09/2018 :: Nacionales Galiza

Causa Galiza chama a partidos, sindicatos e colectivos sociais

x Causa Galiza
Causa Galiza llama a partidos, sindicatos y colectivos sociales a dar un amplia respuesta frente al 40 aniversario de la Constitución española

O regime neofranquista prepara a celebraçom do 40º aniversário da Constituiçom espanhola de 1978 com umha intensa campanha propagandística. Na Galiza, trata-se, num cenário marcado pola grave crise de legitimidade que o afeta e o processo ruturista em curso em Catalunha, de reforçar o assentimento social à fraude histórica da Transición Democrática e procurar a cumplicidade da sociedade galega na defesa da sacrosanta unidad de España.

O texto em questom, que configura junto ao Estatuto de Autonomía a pedra angular do atual regime político, materializa um projeto essencialmente antidemocrático para a Galiza, que se cimenta na negaçom do nosso direito à autodeterminaçom, a prevalência jurídica da posiçom de privilégio da oligarquia colonial e a imposiçom dumha monarquia estrangeira legada polo fascismo.

Por se estas caraterísticas fossem insuficientes para riscar de antidemocrático o atual quadro jurídico-político, é preciso recordar, num tempo em que se exigem maiorias qualificadas para legitimar processos de independência, que a vigência da Constituiçom espanhola e o Estatuto de Autonomía na Galiza carece dum requisito imprescindível em qualquera democracia formal: umha maioria de votos nos respetivos referenduns celebrados na Galiza administrativa.

Resposta de País

Neste marco interpretativo, Causa Galiza acha necessário opor hoje à cerimónia institucional de exaltaçom do regime espanhol e de negaçom do nosso direito de autodeterminaçom a contestaçom conjunta dos partidos, sindicatos, organizaçons sociais e setores populares que reclamamos umha autêntica democracia para a Galiza que só pode pivotar no livre exercício deste direito.

Neste sentido, convidamos os citados agentes à assembleia aberta a celebrar em 29 de setembro em que se estude a articulaçom desta contestaçom de País, plural, supra-partidária e popular, que se nuclee por volta da impugnaçom do atual quadro jurídico-político, a aposta no exercício do direito de autodeterminaçom e a defesa dum horizonte de soberania e independência nacional como única opçom realmente democrática possível.

compartir

                          

Dirección corta: https://lahaine.org/fL5M

 

Contactar con La Haine

Envíanos tus convocatorias y actividades!

 

La Haine - Proyecto de desobediencia informativa, acción directa y revolución social

::  [ Acerca de La Haine ]    [ Nota legal ]    Creative Commons License    [ Clave pública PGP ] ::

Principal